5.5.10

mar de abraços

foto: Maria Leonor Roxo (www.olhares.com)


precisa-se de um mar chão
que caiba dentro da mão
que não seja agitado
se possível não salgado
gostava talvez pintado
de fresco, em azulado
com cheiro a ilusão.
precisa-se de mar de abraços
repleto de sargaços
peixes que não sejam palhaços
mas sorriam da cadente
estrela do céu caída
quando o mar em despedida
beijou terno, o firmamento.
precisa-se de mar com vento
mar bonito, mar de gente
maré-cheia permanente
chegando à praia deserta
com conchas feitas sorriso
espumas feitas aviso
deixando areia em alerta

4 comentários:

besame disse...

guardo um mar assim
verde, fresco e doce,
onde limos e estrelas do mar
fazem ninhos apaixonados
com gestos e sorrisos
que se cruzam entrelaçados...
mar calmo, sem espuma
mais brilhante que o luar
que as lágrimas atravessam
querendo a ti chegar!

b ú z i o disse...

uau!ficou mesmo bonito...(começo a acreditar que começas a gostar do mar :)

☆Fanny☆ disse...

Nuno... posso oferecer-te Sonhos de Papel?

SONHOS DE PAPEL

Ofereço sonhos de papel
a quem gostar de sonhar...
sonhos guardados
nas estantes do pensamento,
versos soltos de magia...
melífluas e infinitas emoções,
alegrias de esperança...
afagos em meu coração.
Fragmentos de mim, escritos
com sentimento,
pedacinhos doirados
de estrelas sorridentes,
toques de fada,
mistérios azuis de alvorada.
Mas só os ofereço a quem
comigo quiser voar
nas asas do vento...
encontrar jardins
perfumados de luar...
e comigo cantar as melodias
(e)ternas do silêncio.


Um beijinho*
Fanny

Samantha disse...

Linda a imagem.
A poesia é perfeita. Adorei.