22.12.10

bocadinhos dos teus olhos

pedaços de céu azul
repousam num branco-inverno
que se estende no olhar
quando abro a minha porta
são flocos desprendidos
de um quadro genial
que cobre hoje o firmamento
em tela acidental

são a tinta apetecida
que muda a cor dos meus frios
e aviva os sentidos
adormecidos na alma

são também (tu acredita)
bocadinhos dos teus olhos
pendurados em sorrisos
que imagino pr'a mim
são as palavras escritas
na neve que em papel
se estende no olhar
quando eu te abro a porta

4 comentários:

OutrosEncantos disse...

Sabes o que encanta em ti?... a doçura, a beleza com que te escreves, de tristeza.

"...são também (tu acredita)
bocadinhos dos teus olhos
pendurados em sorrisos
que imagino pr'a mim...."

parece tão simples, mas mais ninguém sabe dizer as coisas assim...!

Deixo-te o meu abraço, com muito carinho e admiração.
Desejo-te um Natal muito Feliz e um Novo Ano com muitas realizações de sucesso. :))

NunoG disse...

obrigado por todo o carinho e atenção que dedicas à minha poesia...
é gratificante ter SEMPRE a tua opinião e comentários...

um BOM NATAL para TI, "OutrosEncantos"

Susan disse...

Bocadinhos dos olhos Teus são tinta a colorir-me o céu cinzento do meu inverno ...
Lindo e de uma profundidade sem tamanho , pois nas coisas pequeninas é que estão o grande tesouro ...
Beijo
Susan

NunoG disse...

obrigado Susan!!!! beijo!