25.4.12

Alice

Alice apareceu por aqui
Lewis Carroll ligou
e disse que Alice abandonou
as histórias de encantar
deixou o coelho branco a chorar
e partiu para parte incerta
mal sabia ele que era certa
a parte onde ela encoberta
chegou
bebemos chá de loucos
em dia de não aniversário
e Alice trouxe um diário
que lemos fumando o cachimbo
da Caterpillar, a lagarta
que farta (disse-me Alice)
escreveu uma carta
renunciando ao país das maravilhas

Cheshire cat aparecia em páginas pares
e sorria
e desaparecia
depois surgia, nas ímpares
provocando a ira de Alice
que convulsivamente chorou um mar de lágrimas
onde quase me afoguei
e por um triz quase perdia
o mundo de magia
que me desgarra da solidão

fui salvo de repente pela tua mão
aquela que me trouxe Alice
aquela que por doidice
desejo agarrar durante as noites
pintadas de alcatrão

2 comentários:

noMar disse...

:))....
posso só sorrir?!...
que conto delicioso :))

beijo, Nuno.

NunoG disse...

obrigado ''noMar''. claro que podes sorrir... :) a poesia também é para isso... beijo!