23.6.12

sete (7)





1 poema atrapalhado
……. escrito em cima do tempo
2 mãos em debandada
……. voando por um corpo incerto
3 horas de chuva intensa
……. deixando a alma encharcada
4 cerejas no prato
……. sobremesa rejeitada
5 dedos que eu esqueço
……. por serem da mão esquerda
6 estrelas que reconheço
……. serem minhas aliadas
7 jornadas levadas
……. por pensamentos insanos
7 dias sem os santos
……. num Junho perdido na estrada
7 colheres de areia
……. dum castelo, de uma praia
7 contos, são de fadas
……. que já não são encantadas
7 palavras cruzadas
7 minutos de sono
7 anjos já sem guarda
....... pairando nas bermas do céu
……. esperando pelas contas
……. que o poeta escreveu

(http://www.clube.spm.pt/arquivo/1291)

2 comentários:

Vento disse...

1 poema atrapalhado
1 coração alvoroçado
1 tema encantado

adoro este casamento: matemática+poesia=multiencantos

beijo, Nuno.

NunoG disse...

obrigado ''Vento'' pela tua presença assídua e carinho...
beijinhos!
n.