23.5.11

As fases da lua



Como a lua
Tu tens fases
Minguas, devagar
Desaparecendo nos meus dedos assustados
Perdendo luz docemente
Num amanhecer, que por vezes
Se esconde na vontade de sonhar

Às vezes
Enches-te de surpresa
E iluminas assim cheia
A noite que se espalha placidamente
Pelas ruas que eu tenho no meu peito
Tu tens fases
E assim vais em crescendo, em vontades
De brilhar
De ser lua
Ficares no meu céu sempre nua
E eu à janela, estudando astronomia
Deixo a filosofia
Explicar as razões das tuas fases

2 comentários:

Anónimo disse...

é... a lua tem fases, mas é sempre mistério, sedução... não te esqueças de que ela é responsável pela alternância das marés, contudo, permanece recoração e paixão... e a filosofia, não é tão importante quanto a poesia! :)

(mensagem dum castelo a voar, lindo este teu poetar)

NunoG disse...

obrigado "anónimo"...