8.5.09

gosto de mãos


Gosto de mãos, de olhar,
gosto de observar.
Não me fazendo notar,
suspendo o respirar
e sigo atento, trajectos.
Fico parado, suspenso,
tentando adivinhar
quais serão os seus afectos.
Fixo-as, vejo-as dançar,
acompanhando palavras
soltas por um discurso,
ou ditas num murmurar.

Apanho-as já desatentas,
na multidão de um café,
assim pousadas na mesa,
cheias de solidão acesa,
depois da falta de fé.
Sinto-as quentes, suadas,
com tremura e aspereza,
contando batalhas passadas,
pelos dedos da tristeza.

Mão na mão, desenho almas,
umas loucas, outras calmas,
muitas delas mal amadas
com cicatrizes saradas,
à pressa pela ilusão.

Gosto de correr as linhas
da palma de uma mão.
Abertas, desencontradas,
sinuosas, generosas,
algumas mesmo trocadas,
que sendo encruzilhadas,
podem indicar caminhos,
que levem ao coração.

24 comentários:

Anónimo disse...

adorei!sobretudo a última estrofe...

poesia plena de reflexão e sentimento, pelas/com/nas mãos se trilha a sabedoria da vida que reside sempre no coração (as mãos são um veículo do coração pela energia do com-partilhar que delas imana).

obrgda agora pelas tuas mãos terem permitido a escrita deste poema :)

bj luz e paz

fragmentus

f@ disse...

Tactear os afectos... dança de olhar os caminhos nas "linhas da vida" as palmas das mãos á sina que se lê sempre surpresa porque as cores se misturam...
obrigada pela visita ao salp!carte...

beijinhos

Nanda Assis disse...

lindo poema. a parte que mais reparo, são mesmo as mãos, elas contam segredos, e as linhas dizem tudo!!!
as da foto são muito parecidas com as de uma grande amiga que ja se foi. deu saudades.

bjosss...

Lampejos disse...

...

Mãos...raízes
...sugando cada segundo de vida

fazendo florescer versos como os que eu encontrei neste caminho.


Obrigada, Nuno.


(a)braços,flores,girassóis:)

Lampejos disse...

...

Tua gaveta cheia de guardados preciosos..=)

AnaLuísa disse...

por vezes é com as mãos que se dizem melhor as coisas que as palavras não conseguem igualar..

gostei muito :) *

Lizzie disse...

Por acaso nunca tinha pensado nisso :O
As mãos..


**

Humana disse...

Reparo sempre nas mãos.As tuas "Mãos" são lindas!O poema está lindissimo Nuno.
A aspereza, ou maciez das mãos tal como as rugas de um rosto, traduzem muitas vezes uma vida.
Beijinhos

Canto da Boca disse...

E quantos (des)caminhos podem existir nas linhas sinuosoas de uma mão?
Há que se descobrir...
;)

SaraPereira. disse...

As mãos, são elas que seguram o nosso (por vezes débil) mundo.
Elas que tatuam corpos em ebulição assim como agarram as lágrimas que vão caindo do rosto;
São elas que escrevem textos LINDOS como este! *

☆Fanny☆ disse...

As mãos... nem sempre conseguem esconder a agitação, os anseios do coração!...

Beijinhos*

Marlene disse...

Boa noite Nuno!
Ha mãos que se seguram entre os dedos
do medo de em outra mão encontrar,
amor por compaixão.
Adoro mãos.
Bjs e grata pela visita,serás sempre bem vindo(a).

ADiniz disse...

Olá!!
Mãos, abanam, expremem, apertam, acariciam, brincam, embalam, apoiam, seguram, cosam, suplicam.
Fazem tudo igual as mãos preta, brancas, pequenas ou grandes.
A diferença esta na alma da palma,
na ponta do dedo, a digital.
Um bom final de semana, e apareça sempre que deseja, a porta esta sempre aberta.
Abraços.

C. disse...

Bom vê-lo levitando com as maos.

Menina do Rio disse...

Mãos...Como é bom esse contato! Mãos falam.Uma fala silenciosa e profunda que a alma entende...

Obrigada pela visita, Nuno!
Seja sempre bem vindo!
Um beijo

Cαmilα ♥ disse...

Nuno...
Que preciosidades guardadas nesta gaveta!
Adorei!

Mãos!
Tão gostoso o toque delas...
Lindo poema e linda imagem!

BeijOs meus

Marta Vasil disse...

Para outro espaço, o mesmo selo deixado no meu blog.

Beijinho

MV

Lorena N. disse...

Que coisa mais linda!
Gostei muito daqui também. Coisas interessantes nessa tua gaveta, viu?
Um beijo!

Sara L.Miranda disse...

Que mensagem tão bela! Belissima!

Um grande beijo. Adorei.

THAÍS disse...

aodrei, sobretudo o "correr as linhas da palma de uma mão", como que decifrando um mistério sutil de outra pessoa...

volte sempre que quiser, como voltarei por aqui também.

Tchi disse...

As mãos aconchegam.

Beijos de Rosas disse...

Nas nossas mãos, está tantas vezes a transformação da vida de alguém...

Que nas tuas mãos, esteja sempre a magia de nos levar a uma maravilhosa escrita... que é a tua!!

Gostei!!!

parapeito disse...

Muito bonitas estas mãos.
Como gostp imenso de mãos escolhi este para deixar hoje um recado..
Como tens ar de quem gosta de Eugénoi deixo te parte de um poema dele que gosto mto :)
*
Vê como o verão
subitamente
se faz água no teu peito,
e a noite se faz barco,
e minha mão marinheiro.
*
um bom fim de semana *

Susan disse...

que lindo versar sobre mão que são coisas tão incomuns embora pareçam comuns

citando :" Mão na mão, desenho almas,
umas loucas, outras calmas,
muitas delas mal amadas
com cicatrizes saradas,
à pressa pela ilusão."

maravilhoso !!!
beijos
Susan