30.6.09

naufragar

foto: Sirius (http://www.olhares.com/)

não, eu já não consigo
acender estrelas
que mesmo sendo belas
só por si se apagam
quando as afagam
quando cuidam delas

não, eu já não consigo
ser pastor de almas
que mesmo quando calmas
são dentro agitadas
agem, alteradas
deixam vis pegadas

não, eu já não consigo
navegar no mar
não sei esperar
por marés ligeiras
ou por luas cheias
quero naufragar

no fundo de mim
(que é o meu lugar)
paro de brilhar
fico só comigo
porque não consigo
voltar a sonhar

17 comentários:

Nanda Assis disse...

nunca desistir.

boa semana.

bjoss...

Sonia Schmorantz disse...

Por que será que hoje leio e tudo parece me atingir? É um belíssimo poema..
beijo

Secreta disse...

O sonho é que nos guia...
Nunca deixes de sonhar.
Beijito.

Adriana Godoy disse...

Bonito...os sonhos não morrem nunca. Bj

KOTTA disse...

É preciso acreditar, para o sonho não desaparecer das nossas vidas.Bj

Thunder disse...

Um poema nostálgico onde o sujeito poético parece baixar os braços.Não tem força para continuar. E esconde-se dentro de si! Desistiu, está só!
Fantásticas metáforas!
Parabéns.

sonhos/pesadelos disse...

o sonho nunca deve morrer,mesmo que não nos apeteça hoje viver, amanhã iremos renascer se o sonho persistir, não se deve desistir...nunca...
bjs endiabrados

Marta Vasil disse...

Gostava que fosses buscar o prémio Lemniscata que te atribuo pela qualidade que reconheço no teu blogue.

Um beijinho

MV

SeQueresEuVou disse...

Está lindo este poema.Volto.bj

Baila sem peso disse...

Tão lindo este naufragar
que aqui me fez ancorar...
as palavras saem soltas
pelas marés tão revoltas...

escrevendo assim, parar de sonhar??
nem pensar!!... :)

Beijos

impulsos disse...

Quem assim escreve, jamais poderá deixar de sonhar...
Porque se o fizer, morrerá também a sua poesia.
E a poesia que acabei de ler aqui, no fundo desta gaveta que encontrei aberta, é muito bela!

Voltarei a esta gaveta de certeza, acredita!

Beijo

Thaís disse...

é, quem não sente um pouco de vontade de se abandonar às vezes?

sonho disse...

Há dias em que se desanima...e dá vontade de deixar tudo desistir...Mas mesmo na escuridão haverá sempre uma estrela...que brilha e nos faz brilhar...e muito menos nos deixa desistir...
Bom fim de semana
Beijo de um anjo

C. disse...

adorei o ´naufrágio`. Às vezes tenho receio de nao retornar à tempo.

disse...

Está lindo, lindo, lindo.
Ainda falas tu dos meus textos,
beijinho*

Alexandra disse...

Um belíssimo imergir na essência, no nosso lago secreto...


Um beijo.

o Nosso cAstelo disse...

às vezes é necessário naufragar para percebemos a dimensão do (a)mar...

bj meu ancorado em ti