29.3.12

os restos que restam

procuro nos restos que restam
um simples sinal de ti
procuro passos que soem
no eco dos medos que tenho
procuro o perfume perdido
evaporado e roubado
no abraço acontecido
procuro um sorriso tatuado
a escorrer pelo espelho
procuro um gesto que voe
nos quatro cantos da casa
e as palavras que dizes
quando estás apaixonada
procuro o ar que me falta
estrelas, a lua e o céu
que me deixou aqui órfão
que me roubou tua mão
procuro a paz e o mel
que me trazes à tardinha
para adoçar os meus lábios
secos de tanto esperar
procuro também o mar
que não existe nos livros
da cidade onde vivo
procuro o sal das marés
que me faça chorar contigo
procuro o nada e o tudo
o meu universo sumido
na areia feita tempo
a escoar-me nos dedos

depois, só por uns segundos…

procuro fechar os olhos
e adormecer no sonho
que me leve do escuro
mas tudo me traz o começo
deste dia indefinido
e o poema repete
aquilo que tenho cá dentro
aquilo que tenho comigo…

procuro nos restos que restam
um simples sinal de ti
procuro passos que soem
no eco dos medos que tenho
procuro o perfume perdido
evaporado e roubado
no abraço acontecido



...
...

depois, só por uns segundos…

procuro fechar os olhos
e adormecer no sonho
que me leve do escuro
mas tudo me traz o começo
deste dia indefinido
e o poema repete
aquilo que tenho cá dentro
aquilo que tenho comigo…

7 comentários:

Anónimo disse...

lindo!!!

pianissima disse...

depois, só por uns segundos...

e o silêncio é insuportável.
que a tua Páscoa seja muito feliz, Nuno.
beijo.

Baila sem peso disse...

tristeza na procura
um poema com doçura...
restos de sinais
do teu interior com ais
que fala com amor
misturado com dor...

mas porque será que a dor
num poema, se torna tão bela...
palavras que se escrevem com ela
com segredo e com ardor?!...

Meu beijo e um bom Domingo docinho, com chocolatinho e amêndoa e dentro da alma, sorrisos pingo a pingo :)

XR disse...

Conheço o sentimento que descreves e muitas vezes tentei traduzi-lo em palavras. Hoje descubro que já não preciso - fizeste-o de forma sublime. Obrigada por partilhares.
:)

NunoG disse...

obrigado "pianissima"... uma BOA PÁSCOA para ti também... e que os silêncios não existam...

NunoG disse...

beijinhos ''Baila sem peso''... um bom e doce domingo...

NunoG disse...

muito obrigado ''XR''... é tão bom quando as palavras que escrevo passam a ser de todos... estas são tuas também... beijinhos!