18.7.09

deves estar a chegar

fotografia: Susana Rocha (http://www.olhares.com/)

deves estar a chegar
para eu poder repousar
para me dizeres que o mar
de lágrimas minhas choradas
foram por ti apanhadas
serviram p’ra navegar.
deves estar a chegar
para eu te abraçar
e agarrares as saudades
que escorrem do meu olhar
quero que sintas na pele
num sentido arrepiar
palavras amordaçadas
que guardei, p’ra te falar.
há esperas condenadas
dores lavradas por sarar
conversas só murmuradas
porque deves estar p’ra chegar

25 comentários:

AnaLuísa disse...

lindo *.*

☆Fanny☆ disse...

Um murmúrio sentido, que não deixa ninguém indiferente. Triste, belo, entralaçado de esperança...
Mas, talvez lhe faltem os remos para chegar... Não basta ter o barco, o mar...

Um abraço com carinho*

KOTTA disse...

Lágrimas por mim choradas foram por mim apanhadas para poder navegar.Que mais posso acrescentar.Bjo.

ellen disse...

Muito bonito Nuno!
... o mar lava as lágrimas e de tão salgadas serem, leva-as com ele!!!

Beijinho para si e bfs

Marta Vasil disse...

Lindo este poema de "espera", com palavras soltas desse sentir inerente a qualquer espera desejada, ainda que irreal, ainda que apenas sonhada. Mas... dos sonhos ao acontecimento real vai, às vezes, um pequeno passo. Basta lançar os pés ao caminho.

beijinho e bom fim de semana

MV

Felipe Braga disse...

Rapaz, nessa gaveta estão guardadas belíssimas palavras.
Muito bom, parabéns.

izzie disse...

Belíssimo...
Encontraste as palavras perfeitas para o "se" que se desenha num "quando".

Beijinho,

PandoraSempre disse...

O meu mar dá-me o cheiro de quem desejo mas impossivel de encontrar...

Gostei imenso.
Beijo

Pedrasnuas disse...

ATENÇÃO PARA NÃO SER... UM ESTAR SEMPRE PARA CHEGAR...E TORNA-SE UMA TORTURA QUE NUNCA CHEGA A SE CONCRETIZAR...

BEIJO

MUITO BONITO MAS PENOSO

Graça disse...

Triste este sentir... de uma espera a haver. E linda esta forma de o dizer.

Um beijo meu

Fabricante de Sonhos disse...

E que chegue...
Acabando do vez com a saudade...
E que chegue, trazendo o amor pro coração.

Gostei muito!
Lindíssimo!

Beijão

Whispers disse...

Cheguei!
Venho de tão longe,demorei pra aqui chegar
Venho cansada da viagem
Mas valeu a pena te vir visitar
Vinha com a alma vazia
Mas ao te ler fiquei com ela cheia
De sentimentos de magia
Cada palavra foi lágrimas
Lágrimas de poesia,que sai do teu coração
e me fez sonhar nas nuvens
Obrigado pela tua passagem pelo meu wicca mundo.
Posso te add nos meus favoritos?
beijinhos mil
Whispers

O Espelho da Nossa Alma... disse...

lindissimo..mesmo...
um bj

Sereia Azul* disse...

O mar trouxe-me até esta gaveta plena de sentir... um êxtase puro de alma.

Que a maré te traga o teu sonho mais querido!

Um abraço de brisa marinha*

Juana disse...

'' deves estar p'ra chegar ''. Adorei :)

Adriana Godoy disse...

que beleza de poema... o lirismo na medida certa. belíssimo. bj

rui disse...

Vim agradecer a tua visita.... e tambem dar-te os parabens por este magnifico blog..por aqui respira-se um ar puro...de palavras e de emocoes..... gostei imenso de tudo que aqui Vi

um abraco
Rui

ana margarida disse...

cheguei...porque nunca parti...

é o poema mais bonito da Gaveta!

Renata de Aragão Lopes disse...

Que bonito!
Um beijo,
doce de lira

A Palavra Mágica disse...

Nuno,

Obrigado por visitares o Abismo Noturno.
Muito bom este seu espaço. Voltarei mais veses.

Um abraço!
Alcides

Rach disse...

adorei, a sério!
achei tão sincero, tão bonito, e ao mesmo tempo tão exasperante. as esperas são sempre a pior parte de um sentimento.
obrigada pela visita e pelas palavras tão doces, é sempre um prazer receber novas visitas :)
um beijinho

*Lua* disse...

A imagem é linda e o poema mais ainda! Me identifiquei muito. Já esperei por alguém por muito tempo. Esse alguém estava prestes a chegar, mas nunca chegou... Espero que o seu alguém chegue.
Abraços!

DarkViolet disse...

E como é bom chegar com anoiteceer ou amanhecer

Scheer disse...

Emocionante a esperança da qual tenta dominar o sofrimento no qual tenta esquecer.
Escreve de forma magnifica!
Parabéns!
Beijo

Baila sem peso disse...

Sempre que abro a gaveta
me deparo com beleza...

neste mar que chora saudade
oiço música de onda e sua leveza

Que bela é, esta certeza!

Beijo