9.7.09

os cheiros das palavras

foto: Sara Amaral (http://www.olhares.com/)

as palavras têm cheiros
que procuro assinalar
são bocados de flores
que encontro no sorriso
dum amor ao despertar;
são fumos que a chuva fria
quase que por magia
à terra vem arrancar;
são sinais de alegria
que não param de acenar
quando alguém está p’ra chegar

são gostos peculiares
por especiarias distantes
que em pequenos instantes
nos levam a navegar
galgamos em caravelas
as agitações do mar
as tormentas de poemas
temperados com pimentas;
são mostardas, açafrões
trazidos por marinheiros
de cantos aventureiros
à imagem de Camões

as minhas, quase inodoras
passam dias, passam horas
a tentarem-se alindar
usam perfumes da moda
aromas de pôr à roda
fragrâncias de aconchegar;
são metáforas singelas
que pinto com aguarelas
e uso para adoçar

as palavras que hoje tenho
tento usá-las com engenho
tento pô-las a bailar;
são bálsamos de poesia
com rastos de maresia
mas são só para cheirar

15 comentários:

Baila sem peso disse...

Lindo bailado de pasmar!!!!!
Um cheiro que embriaga
Quem nas palavras se deitar!

Beijo com a cor desse cheirar

Sonia Schmorantz disse...

As palavras que tens formaram um belíssimo poema! Ainda bem que desengavetou tantas palavras bonitas...
beijos

Talita Prates disse...

Que lindo!
Que cheiroso!
Que vistoso!

Paz. :)

KOTTA disse...

Conheço alguns desses cheiros, transformados em palavras que num bailado muito bem conjungado
nos fazem sonhar.Bjo. :)

Rute' disse...

Delicioso! :)

MagyMay disse...

Cheira bem, por aqui...

O Espelho da Nossa Alma... disse...

é o que mais gostei até agora, fenonemal!!!
um bj

o Nosso cAstelo disse...

"são bálsamos de poesia
com rastos de maresia" - adorei

deixo-te um bj adociacdo, com pouco sal e apimentado ;)

Laura disse...

Lindo!

Talita Prates disse...

Obrigada pela visita e pelo coment, Nuno.
Paz.

AnaLuísa disse...

que palavras gostosas :D *

Marta Vasil disse...

As palavras têm mesmo cheiro, como têm paladar.
E neste soberbo poema ficou um rastro do seu cheiro.

Beijinho

Cry me a River disse...

“as palavras têm cheiros
que procuro assinalar”
Traduzo sempre os meus momentos em cores.
Adorei Sentir o aroma das tuas palavras… Maravilhoso. Excelente foto.

ellen disse...

Palavras... sempre tão cheias de significado!!!
Beijinho

Josette Garcia disse...

Nuno,
É um deleite para nossas almas este teu blog, recheado de belezas sob forma de poesia! Já estou a segui-lo! Carinhos Josette