8.2.09

nota-se muito?

Adoro-te!
Nota-se muito?
Não sei se sei disfarçar.
Talvez mudando o discurso,
Poderei passar sem notar.

Espero dizer o que sinto,
Sem ser preciso falar,
Mas sempre que isso acontece,
Não consigo disfarçar.

Podia não falar contigo,
Para não vires a reparar,
Mas se calhar, mais depressa,
Irias acabar por notar.

Adoro-te!
Nota-se muito?
Não quero mais disfarçar,
Talvez não dizendo nada,
Acabes por acreditar.

3 comentários:

frAgMenTUS disse...

nós podemos notar pela poesia que aqui fica :)

Anónimo disse...

Já me tinha esquecido como escreves tão bem. Parabéns pelo blog. Está sensacional. Não consegui parar de o lêr. Ora fiquei triste ora menos triste, mas sempre com o pensamento aí. SS

a ALMA das IMAGENS disse...

Uma foto da minha autoria.
Obrigado pela preferencia.
O TEU BLOG É FANTÁSTICO!!
Parabéns!!!
Abraço de alma.
Sissi