2.2.09

acaso

Quase por acaso
Com o teu olhar,
Senti sensações,
Novas e diferentes,
Senti emoções
Fortes e brilhantes,
Criei ilusões
E cerrei os dentes.

Vi na tua mão,
Sinal como o meu.
Vi o coração,
Bater como o teu.
Arrisquei, parti,
Fui para a aventura.
Levantei o véu,
Levitei no céu,
E atingi altura...

Colhi uma estrela
De fazer verdade.
Mudei o teu nome,
Com facilidade.
Alterei o conto,
Baralhei passado,
Fui ao teu encontro,
Fiquei a teu lado...

4 comentários:

frAgMenTUS disse...

o ficar é sempre um enigma...

ellen disse...

Olá!
De vez enquando ando na busca de Blogues novos. Encontrei o seu e achei-o muito bonito pelo seu conteúdo. Gosto também de cumprimentar o bloguista no seu 1º Post...a sua essência começa aqui :)
Parabéns.

Um beijinho para si

Anónimo disse...

demoras?

gabrielle disse...

fica.



beijo.TE